"Tudo funcionava melhor sozinho. Isoladas dos seus criadores, as Máquinas construíam-se, vigiavam-se e reparavam-se, Mundos, Pág 21

Explorar Sítio
MUNDOS
MUNDOS - "O que eu andei para aqui chegar..."

MUNDOS , foi escrito entre 1999 e inicio do ano 2000, altura em que começou a ser  proposto para edição, junto de algumas editoras.   
Após as primeiras recusas, com o fundamento de, essencialmente, dificuldades de calendário editorial, os autores decidiram suspender a sua proposta de publicação e retomar o projecto com vista a algumas alterações de forma.   
Em finais de 2000 é retomado o processo de proposta de publicação junto das editoras; altura em que é contactada, pela primeira vez, a Palimage Editores, que aceita publicar a obra mediante o cumprimento de  determinados pressupostos - garantia de aquisição prévia de exemplares por entidade subsidiária - com vista à sua viabilidade editorial. Para além desta editora, também uma outra  se propôs publicar a obra em condições semelhantes.
Entretanto, foi pedido apoio à Câmara Municipal de Vila Franca de Xira.     Contudo, acreditando na sua mensagem literária, os autores decidiram rever de novo o projecto e retomar, mais tarde, a sua apresentação junto dos agentes editoriais.    No primeiro trimestre de 2001, haviam já sido contactadas setes editoras, cujos contactos corresponderam a outras tantas recusas, sempre com o mesmo tipo de argumentação: "Por dificuldades de calendário, lamentamos não poder publicar". Surge, também, a terceira editora, que se propõe publicar, mediante alguns subsídios. É atribuído pela Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, um subsídio de apoio á edição.    
Depois de nova revisão, com mais algumas alterações de forma - nunca de conteúdo - retomou-se o processo de edição, mas desta vez, precedidas de contacto prévio junto dos editores obtendo o seu consentimento prévio para o envio do original.     Durante o ano de 2002, os autores obtiveram seis recusas ( lamentações ) com argumentação em tudo semelhante às anteriores. Foram repetidas duas editoras que não mostraram, sequer, já terem tido na sua posse o original para apreciação.    
"Nem sequer é uma questão de talento literário", disse um dos editores - aquele com quem mais tempo se mantiveram conversações - "Mas sim de viabilidade comercial; se um autor garante venda, a edição é viável se não garante venda, a edição não é viável", concluiu o editor, acrescentando ainda em jeito de desculpa, "Nós somos empresas"!     Em 2003, após a recepção de mais quatro lamentações , os autores, convencidos de que MUNDOS não conseguiria ser publicado apenas através da negociação de direitos de autor, decidiram retomar o processo junto da Palimage Editores, que manteve a sua proposta. Nesta altura, foi também confirmado o subsídio atribuído três anos antes, pela Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, que em muito ajudou a concretização deste projecto.     
O início de 2004 marca a última grande revisão do projecto literário MUNDOS e foi iniciado, em concreto, o processo de publicação; acto cuja concretização se deu a 13 de Dezembro do mesmo ano. Pelo caminho ficaram desilusões e conclusões, onde a persistência sempre se mostrou inimiga da desistência. MUNDOS está, finalmente, publicado; a primeira batalha foi vencida, começou a segunda: a prova junto dos leitores.     
Ao contrário dos editores que lamentaram não puder publicar, esperamos que os leitores que tiverem a ousadia e a coragem de  ler este livro, não se pronunciem com tais argumentos. Confiamos no julgamento dos leitores; é deles a última palavra!

António J. Branco

Norberto Elias.

 

Actualização: 06-Sep-2006 . Comentários / sugestőes: ajsbranco@mundos.info